Universidade Fernando Pessoa já tem Hospital-Escola

Inaugurado no passado dia 4 de dezembro, o Hospital-Escola da Universidade Fernando Pessoa (HE-UFP) está situado na freguesia de S. Cosme, em Gondomar, e promete marcar a diferença no panorama do ensino e da investigação na área da Saúde. Além disso, oferece oportunidades de aprendizagem e de trabalho únicas para os estudantes desta universidade.

Integra as valências dum hospital e dum Centro de Saúde no mesmo edifício – facto que vai, e em muito, ajudar a suprir as necessidades das 200 mil pessoas que habitam em Gondomar e a restante população circundante. Partindo da premissa de que em Saúde investe-se e em doença gasta-se, o HE-UFP quer contribuir para a criação duma cultura de prevenção e de conservação do bem-estar físico e mental, “controlando atempadamente as agressões próprias e contrariando o mais possível os fatores alheios, que conduzam à perturbação ou à alteração do equilíbrio do corpo e da mente”.

Atendendo ao contexto académico deste novo Hospital-Escola – que já se mostrou disponível para uma verdadeira parceria privado-pública com o Serviço Nacional de Saúde (SNS) -, a lógica de atendimento e de prestação de cuidados será essencialmente pedagógica, “apostando numa relação de consultação e de terapêutica humanizada, solidária e compreensiva do sofrimento e da fragilidade dos pacientes”.

Emprego à vista para estudantes
Na fase de arranque do HE-UFP vão ser criados 200 postos diretos de trabalho, atingindo-se os 400, quando em plena ocupação. A grande mais-valia para os estudantes? Os postos de trabalho na área dos cuidados de Saúde serão sobretudo ocupados por jovens profissionais, maioritariamente formados na Universidade Fernando Pessoa, apoiados por profissionais seniores de reconhecida competência clínica e pedagógica.

Inauguracao

A inauguração do HE-UFP contou com a presença de Paulo Macedo, Ministro da Saúde; D. João Lavrador, Bispo Auxiliar do Porto; Major Valentim Loureiro, Presidente Câmara Municipal de Gondomar; Professor Doutor Salvato Trigo, Presidente da Fundação Fernando Pessoa; e Professor Doutor Jorge Rodrigues – Diretor Clínico HE-UFP.

Raio X ao Hospital-Escola da Universidade Fernando Pessoa:

Propriedade e investimento: Fundação Fernando Pessoa, entidade instituidora da Universidade Fernando Pessoa
Investimento total: Quase 50 milhões de euros, dos quais 2,8% advêm de um cofinanciamento do QREN para apoio à Unidade de Cuidados Continuados (UCC)
Capacidade: 200 camas (60 afetas à UCC nas três tipologias: paliativos, de média duração e de longa duração)
Localização: S. Cosme, Gondomar. O terreno foi cedido em direito de superfície, por 50 anos renováveis, pela Câmara Municipal de Gondomar
Área: O edifício contempla duas caves e seis pisos, com uma área bruta de construção de mais de 40 mil metros quadrados
Arquitetura: Revestido de tijolo face à vista e com grande luminosidade interior, o edifício foi projetado pelo Laboratório de Estudos e Projetos (LEP) da UFP, a partir dum desafio da Reitoria ao Curso de Arquitetura e Urbanismo, coordenado pelo Professor Luís Pinto de Faria que dirigiu os dois alunos finalistas vencedores do concurso, Miguel Correia e Frederico Ferreira
Acessibilidade: O edifício tem a sua fachada principal virada para a nova Avenida Fernando Pessoa, contando com acesso ao centro da cidade e ligação direta ao IC 29 e à rede de autoestradas. Para além dos acessos rodoviários, o HE-UFP beneficiará do heliporto que a Câmara Municipal de Gondomar tem em fase de conclusão e também da linha de Metro de Campanhã – quando esta for estendida a Gondomar, o HE-UFP será servido pela Estação Fernando Pessoa, já contemplada na carta de expansão da rede.
Principais valências médicas e cirúrgicas: Angiologia; Cardiologia; Cirurgia Geral; Cirurgia Plástica; Cirurgia Vascular; Dermatologia; Endocrinologia; Enfermagem Geral e Especializada; Estomatologia e Medicina Dentária; Fisioterapia; Ginecologia; Geriatria; Hematologia; Medicina Desportiva; Medicina do Trabalho; Medicina Geral e Familiar; Nefrologia; Neurologia; Nutrição; Obstetrícia; Oftalmologia; Ortopedia; Otorrinolaringologia; Pneumologia; Podiatria e Podologia; Psicologia Clínica; Psiquiatria; Reumatologia; Terapêutica da Fala; Urologia; entre muitas outras.

HE2

O HE-UFP está situado na freguesia de S. Cosme, em Gondomar, contando com uma agradável vista como moldura.

Vantagens do Cartão Saúde D’Ouro
Preocupada com os custos da Saúde, a Fundação Fernando Pessoa encontrou uma forma de aliviar as despesas para os habitantes de Gondomar, através do Cartão Saúde D’Ouro – caso o SNS não lhes permita, como seus beneficiários, usarem o HE-UFP. A anuidade do cartão confere, desde logo, ao seu titular o direito a um check up anual, constituído por uma consulta médica com o respetivo relatório e um hemograma simples de controlo, para além de o habilitar a descontos vários nos restantes consumos de meios complementares de diagnóstico e de atos médicos ou cirúrgicos feitos no HE. Outras vantagens são que a adesão ao Cartão de Saúde D’Ouro por agregados familiares tem anuidade mais barata para o cônjuge e filhos e que as empresas e outras instituições coletivas terão direito a um Cartão de Saúde D’Ouro gratuito por cada grupo de cinco trabalhadores ou associados que apresentem como aderentes.

[Foto: Laboratório de Fotografia UFP]

Artigos Relacionados:

Deixar uma resposta