Ciclo de Cinema Português em Coimbra

0
557

O cinema Português já conta com uma grande tradição quer em termos históricos, como em termos de alterações visões perante esta arte. O que se propõe com a criação deste ciclo de cinema é que se viva e recorde o cinema português numa retrospectiva de te fazer viver desde dos seus inícios até à atualidade.

Associado no mote 20 anos do festival Caminhos do Cinema Português, o novo Ciclo de Cinema considera ser uma representação das diversas vertentes de cinema português que passaram por todo este festival.

Este ciclo de cinema propõe a todos os espetadores e apreciadores assíduos uma experiência vasta de conhecimento das mais variadas obras portuguesas conseguindo proporcionar algumas questões ao grande público: “o que é, o que foi e o que será o cinema português”.

Esta semana o festival conta com a presença do projeto “Imagens que Falam” que nos traz algumas curtas-metragens de animação marcantes dos últimos 20 anos do Cinema Português. Esta exibição é complementada com duas produções com a intervenção de Abi Feijó (“Cousas e Louças” de Sandra Santos e “A Noite Saiu à Rua” de Abi Feijó, Clídio Nóbio, Manuel Tentúgal, Márcia Lucas, Luisa Leal, Tita Costa, Tito Morais, Rui Brás e de João Abel Manta e Zeca Afonso).

Quanto ao filme que serão exibidos poderás ver:” Cousas e Louças de Sandra Santos” (com o apoio do Museu Nacional de Soares dos Reis) e “A Noite Saiu à Rua” , um filme de Abi Feijó; Clídio Nóbio; Manuel Tentúgal; Márcia Lucas, Luisa Leal; Tita Costa; Tito Morais; Rui Brás e de João Abel Manta e Zeca Afonso.

Já quanto ao projecto convidado “Imagens que Falam”, poderás contar com:
-Spot de Joana Imaginário e Francisco Lança
-Abraço do Vento de José Miguel Ribeiro
-Cicatriz de Icaro e Tânia Duarte
-Ana – Um Políndromo de Joana Toste
-Fuligem de Vasco Sá e David Doutel
-M – de Joana Bartolomeu
-1999 de Francisco Lança
-Os Olhos do Faro de Pedro Serrazina
-Carrotrope de Paulo D Alva

O projecto “Imagens que Falam” será apresentado por Paulo D’alva (realizador), Manuela Lima (programadora cultural) e Cristina Pereira (produção).

A Entrada no Mini-auditório Salgado Zenha é grátis e a sessão terá inicio às 22 horas.

Para mais informações consulta o site.

 

Foto: [ ANNURB @ Flickr]

Deixe um comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here