Portugal tem uma arma contra o abandono escolar. Chama-se Ensino Profissional

0
32

Em Portugal, 35 por cento dos alunos do Ensino Secundário abandona os estudos sem concluir o 12º ano no prazo de cinco anos. Mas o país está a tentar dar a volta a estes números graças ao Ensino Profissional.

De acordo com o estudo Education at a Glance 2017 da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE), Portugal ainda está na cauda da Europa no que à conclusão da escolaridade obrigatória diz respeito. 35 por cento dos alunos do Ensino Secundário ainda abandona os estudos sem concluir o 12º ano no prazo de cinco anos, contra os 21 por cento de média da OCDE.

E quando se procuram os alunos que terminam o Ensino Secundário sem retenções ou interrupções – ou seja, em três anos – os resultados são ainda piores: Metade dos estudantes não conseguem fazê-lo, enquanto que a taxa de sucesso média da OCDE é de 68 por cento.

Apesar disso, o mesmo relatório destaca a aposta de Portugal no Ensino Profissional para aumentar o número de graduados no Ensino Secundário, promovendo ao mesmo tempo uma ligação mais próxima com o mercado de trabalho. Isto acontece porque neste método de ensino há uma percentagem maior de jovens a concluir o Ensino Secundário no prazo de cinco anos, face ao modelo de ensino regular (64 por cento contra 59 por cento).

[Fonte: Sapo]

Deixe um comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here

87 + = 96