E tu, o que melhoravas na tua escola?

0
18

Vai ser lançada amanhã, na Escola Padre António Vieira, em Lisboa, a segunda edição do Orçamento Participativo das Escolas (OPE), que permite aos alunos decidir onde a sua escola vai investir.

Esta iniciativa estabelece que o Ministério da Educação transfere para cada estabelecimento de ensino público uma verba adicional de 1 euro por aluno – com o valor de 500 euros como o mínimo a atribuir. Essa verba será usada e trabalhada exclusivamente pelos estudantes.

Para que isso aconteça, os alunos são desafiados a ter ideias e a promovê-las junto dos colegas, para que seja escolhida a proposta que mais poderá contribuir para melhorar a escola. Essa escolha será feita por votação, na altura do Dia do Estudante, que se comemora a 24 de março.

O objetivo desta iniciativa é incentivar a capacidade de tomar decisões, de compreender o funcionamento das instituições democráticas e dos sistemas de votação, de apelar ao espírito crítico de cidadania e participação, e de proporcionar momentos de debate entre estudantes do 7º ao 12º anos.

O Orçamento Participativo das Escolas vai ser lançado amanhã na Escola Padre António Vieira, em Lisboa, numa sessão de apresentação e de discussão das ideias dos alunos desta escola, e que terá a presença do Ministro da Educação. Esta sessão repetir-se-á por todo o país, ao longo do mês de fevereiro.

Em 2017, 95 por cento das escolas participaram no OPE, abrangendo mais de 500 mil alunos que apresentaram quase cinco mil propostas, de acordo com dados do Ministério da Educação.

[Fonte: Agência Lusa]

Deixe um comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here